4 de dezembro de 2017

ELENA LYAKIR - PHOTOGRAPHY - UCRÃNIA


Biografia

Criado na Ucrânia comunista, Lyakir desenvolveu uma paixão pela fotografia como uma criança pequena. A fotografia soviética e fotografias familiares inspiraram-na a pegar uma câmera quando tinha apenas sete anos. Em 1990, ela imigrou para os EUA com sua família, buscando asilo político e, pouco depois, migrou para a cidade de Nova York.

Inspirado na cena artística dos anos 90, Lyakir cursou cursos de fotografia e cinema na Escola de Belas Artes do Museu. No entanto, suas experiências com autoridade opressiva na Ucrânia comunista acabaram por motivá-la a continuar a perseguir sua arte através de pesquisa independente, colaborações e experimentação no quarto escuro.

O trabalho da Lyakir está incluído nas coleções privadas e corporativas. Ela exibiu em galerias e feiras de arte em Nova York, Los Angeles, Miami, Londres, Berlim, Paris, Lille, Sydney e Istambul e continua a produzir trabalhos encomendados para clientes corporativos e corporativos em Nova York e em todo o mundo. Lyakir vive e trabalha no Brooklyn, Nova York.


Através do meio da fotografia, examino como emoções e memórias são capturadas em fotografias que representam a realidade nos símbolos. Eu acredito que o sentimento é crucial para criar e entender uma obra de arte. Assim, eu sou conduzido por respostas viscerais e emocionais ao processo de ver.

Eu vejo a natureza como a primeira e mais fundamental fonte de essência e mito e estou inspirada tanto por sua beleza e nutrição quanto por sua imprevisibilidade e fúria, enquanto os pássaros são símbolos universais de esperança, liberdade e migração. As ramificações emocionais do meu próprio deslocamento e diáspora relacionam-se com a forma como me sinto na natureza. Estou sempre em fluxo e em uma viagem para encontrar um lugar para ligar para casa.

Desenvolvi uma maneira de fazer exposições duplas na câmera e criar imersivas imagens panorâmicas em larga escala. A qualidade subtilmente abstrata desta técnica serve como uma interpretação visceral da natureza efêmera da experiência humana e, portanto, está conectada à minha experiência pessoal de imigração.

Meu interesse pela relação estética entre fotografia e outras disciplinas influencia minha abordagem lunática. Pretendo empurrar os limites do meio para sugerir abstrações pictóricas. Eu uso lentes de mudança de inclinação porque permitem  espaço para a espontaneidade e muitas vezes ajudam a revelar o invisível. Os desvios resultantes me levam a novas descobertas.
Eu aprecio a qualidade extemporânea desses processos e vejo minha prática como uma extensão da visão e um exercício de instinto e conectividade.


Resurrection


Dream Of Genesis


dream of zenith


fragile like snowflakes


deconstruction
































Snow 4




Gallery Attache, London, UK
Galerie Claude Samuel, Paris, France
Mixer Arts Gallery, Istanbul, Turkey
Cynthia Byrnes Contemporary, NY
Sara Nightingale Gallery, Sag Harbor, NY
Maison de la Photographie, Lille, France
Advanced Vision and Art, Brussels, Belgium 
L’Atelier Ldep Gallery, Miami, FL
TWYLA, Austin, Texas


Elena Lyakir
111 Huron Street, Studio #4L, Brooklyn NY 11222
Mobile: 917 916 9751 Email: info@elenalyakir.com


26 de novembro de 2017

RUI AMARAL -GRAFFITI - BRASIL





Rui Amaral (São Paulo 1962 é um artista plástico multimídia, percursores do grafite paulistano, começou sua carreira na Década de 1980

Formado na em artes plásticas na Faap[. Suas principais obras estão em um túnel na Avenida Paulista e no Beco do Batman na Vila Madalena, intervenções urbanas ocorridas na década de 1980, o artista sofreu muito a "represão política" e foi muito perseguido pela gestão do prefeito Jânio Quadros e dependeu de um advogado da Anistia Internacional para defendê-lo até quando foram autorizadas durante a gestão de Luiza Herundina, em 1991

Rui Amaral possui um público de 1,2 milhões de pessoas.

Também já pintou cenários para a Rede Globo e TV Cultura, como os cenários do programa Perdidos na Noite e um quadro de própria autoria no programa Castelo Rá-Tim-Bum






















O pescador de sonhos" 
Graffiti para os pescadores da praia dos amores Rio de Janeiro 
Uma das três cumunidades que ainda percistem forte aqui no Rio abrs bom fds a tds!!!!


































24 de novembro de 2017

MARIA EMILIA GANME - FOTOGRAFIA - BRASIL


A verdadeira viagem de descoberta não consiste na busca de novas paisagens, mas em novos olhos 
"Proust"




uganda 2017



uganda 2017




uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017


uganda 2017



Alaska


Rwanda Jan 2016


ALASKA 2017





Alaska



bonito - mato grosso do sul


Pstagônia













Patagônia


Patagônia


Patagônia


Patagônia


Patagônia


Patagônia


Patagônia























bonito - mato grosso do sul


Tanzania - Masai



Tanzania - Masai